É preciso remover os dentes do siso?


Dizem que com a idade ganhamos juízo ou melhor dentes do siso, têm essa designação por nascerem no início da fase adulta, entre os 16 e os 20 anos. Supostamente, todos devíamos nascer com quatro dentes do siso, dois superiores e dois inferiores, mas a anatomia oral têm evoluído e em muitos casos apenas nascem dois siso, noutros casos até nenhum.


Os dentes do siso ou os terceiros molares são os últimos dentes permanentes a nascer, ou irromper, e muitas vezes não há espaço suficiente em boca para o seu natural crescimento. Por vezes, o siso fica como um dente incluso ou semi-incluso, isto ocorre quando não se verifica a natural erupção do siso, ficando torto ou mesmo retido dentro do osso maxilar. Esta situação normalmente acontece quando não existe espaço suficiente para o seu devido posicionamento na arcada dentária, ou quando o mesmo se encontra em posição “horizontal” ou “deitado”, dentro do osso maxilar, não permitindo assim a sua erupção.


Quando nascem incorrectamente, os dentes do siso podem levar a problemas como a dor, o inchaço ou até gengivas inflamadas. Por consequência, a posição irregular dos dentes do siso, dificulta a correcta higienização dos dentes, acumulando alimentos e bactérias que podem causar a cárie dentária, gengiva inflamada, pericoronite (inflamação na gengiva que ocorre quando não há espaço suficiente na boca para o dente do siso erupcionar) ou abcesso.


No caso de impactação dentária, o dente do siso pode causar dor de cabeça ou enxaquecas, dores nos maxilares e, por vezes, provocar também dor de ouvido.


Em determinadas circunstâncias, devido à pressão que exerce durante a sua erupção, o dente do siso pode entortar os outros dentes.


Ainda, em casos mais raros, os sisos inclusos podem originar o aparecimento de quistos ou tumores no interior do osso que os circundam.


É tudo uma questão de avaliar o seu caso, pois nem todos os dentes do siso precisam de ser removidos, desde que sejam saudáveis, cresçam naturalmente, mordam corretamente e tenham uma correcta higiene oral diária.


Se já tem idade para ter juízo, marque uma consulta para avaliar o seu caso com o Dr. Pedro Mota e verificar se é necessário remover seus dentes de siso.